Domine a direção de pessoas na fotografia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter

5 dicas pra fazer fotos espontâneas e desejadas pelos clientes com técnicas de direção de pessoas na fotografia

E aí! Ta a fim de dominar a direção de pessoas na fotografia de uma vez por todas?

Eu sei que a direção de pessoas na fotografia, é um dos principais bloqueios para conseguir boas fotos. Por isso, hoje eu trouxe dicas que vão mudar sua forma de dirigir as pessoas durante os ensaios!
Vamos lá?! =]

No comecinho da minha carreira, eu me destaquei por causa do domínio das técnicas de direção de pessoas na fotografia. Por isso, dentro da minha metodologia no Poder da Autoria, a direção de pessoas é um dos pilares mais importantes da fotografia de pessoas. Seja para ensaios de casal, pessoal, família ou gestante.

Isso porque este é um conjunto de técnicas que atualmente mais impactam o trabalho final de um fotógrafo profissional de pessoas. E, para você tornar sua fotografia desejada pelos clientes a ponto de até dobrar seu faturamento, precisa dominar essa técnica. 

O que é direção de pessoas na fotografia?

Você já deve ter visto fotos por aí com movimentos totalmente espontâneos, né? Para chegar neste nível, é preciso entender e coordenar as ações dos fotografados, guiá-los onde existe a melhor luz e composição.

Essa orientação na direção de pessoas na fotografia é uma maneira articulada que o fotógrafo encontra de provocar uma AÇÃO para gerar uma REAÇÃO nos clientes. Com essa técnica, você vai se desprender cada vez mais das fotos posadas e ter imagens cada vez mais naturais.

Como nesta foto, por exemplo:

Foto espontânea de um casal feliz, resultado de técnicas de direção de pessoas, ensaio fotográfico Robison Kunz

Mandar Versus Dirigir

O primeiro ponto pra você ser fera em direção de pessoas é entender que dirigir é diferente de mandar. – “Como assim, Robison?”

Quando você MANDA alguém fazer alguma coisa, está fugindo da técnica de direção de pessoas na fotografia. Não cometa esse erro nos seus ensaios.

Muitos profissionais têm dificuldade em dirigir as pessoas justamente porque não conseguem se desprender do vício de “mandar” nelas. Fique atento para não cometer esse erro.

Fotógrafo: humanas ou exatas?

Assim como em qualquer outra profissão, existem profissionais que são mais “emocionais” – a famosa galera de humanas – e os mais “racionais” – a galera das exatas. 

Essa classificação é importante porque, conhecer o seu perfil de comportamento vai te ajudar a construir a direção de pessoas na fotografia.

Ou seja: se você entende que gosta de criar conexões e tem uma pegada mais social, sua forma de dirigir vai ser diferente de um outro profissional que talvez curta mais métodos e resultados finais elaborados.

Não tem certo e errado. Até porque eu, por exemplo, trabalho com método, técnica e metodologia e também crio conexões com as pessoas, suas histórias e momentos. 

É por isso que é tão difícil dominar a direção de pessoas na fotografia… Porque poucas pessoas conseguem flutuar nessas habilidades de “humanas” e “exatas” ao mesmo tempo.

Mas, para dirigir pessoas em um ensaio fotográfico você precisa dos dois fatores.

Para te ajudar, eu listei 5 cuidados que você deve ter na direção de pessoas na fotografia.
Tenho certeza que essa parada vai ser um diferencial da sua fotografia e vai torná-la mais desejada!

Para dirigir pessoas na fotografia com mais facilidade, siga essas dicas:

#1 – DIRIJA COM AÇÕES

Você não vai conseguir espontaneidade pedindo que as pessoas sejam espontâneas.

Se você já pediu isso para alguém, eu tenho certeza que o resultado muito provavelmente não tenha sido exatamente espontâneo.

Afinal, na maioria das vezes a pessoa está fazendo um ensaio fotográfico pela primeira vez. Então, é natural que fiquem tímidas, travadas ou desajeitadas. Elas não sabem o que fazer.

Na cabeça dos clientes já rola um autojulgamento: “Será que tô fazendo direito?”, “Será que tô bonita?”. Isso tira toda a naturalidade, confia em mim!

Por isso, minha orientação é que você cause essa espontaneidade. Para fazer fotos mais naturais, tenha em mente que você precisa jogar as AÇÕES certas aos clientes e fotografar as REAÇÕES. 

Assim, você vai começar a fotografar as pessoas como elas realmente são, e não como um casal “padrão”.

Vamos de desafio: você consegue imaginar qual ação que eu “joguei” para eles nesta foto abaixo?


Casal posando para a foto em frente a uma pilha de lenha, foto espontânea resultado de técnicas de direção de pessoas, fotografia Robison Kunz

Para você dominar essa parada de ação/reação se liga nesse vídeo onde explico na prática como conseguir fotos espontâneas.

#2 – EVITE O ‘NÃO’: 

Você está falando muito NÃO durante os seus ensaios? Para obter fotos mais espontâneas e dominar a direção de pessoas, não caia nessa armadilha! Esse é um cuidado que você precisa ter se realmente que criar fotos desejadas pelos clientes.

Afinal, no momento que você diz não ao seu fotografado, ou ainda pior “faça isso ou não faça aquilo”, você está o travando ainda mais e limitando a pessoa de seus movimentos mais naturais. 

É como dizer “não seja quem vocês são, eu quero que vocês sejam um casal assim…”. Cada vez mais o mercado exige esse diferencial, e foto padrão não é nada diferente.

#3 – SEJA PERCEPTIVO:

A percepção será sua melhor amiga! Por isso, comece a reparar na forma como o casal está posicionado quando não estão perto da câmera. O que eles fazem com as mãos enquanto vocês conversam? Como caminham? Como sorriem um para o outro?

São nesses momentos descontraídos que as pessoas agem com naturalidade. E aí que você consegue captar a essência delas.

Essa percepção é um norte para ter ideias das ações que falamos lá em cima. 😉 Assim você começa a dar orientações que fazem sentido para seus clientes e não a seguir apenas uma fórmula.

Então, a maior dica para a direção de pessoas é, antes de qualquer coisa, deixá-las serem quem são ao longo do ensaio. Isso exige um feeling aguçado do fotógrafo e muita observação.

Foto espontânea resultado de técnicas de direção de pessoas em um ensaio pessoal feminino, fotografia Robison Kunz

#4 – NÃO ESQUEÇA DA CONEXÃO

Cerca de 50% do ensaio de fotos são movidos pela conexão com as pessoas. Você precisa se conectar com os clientes, fazer as pessoas confiarem em você, para que se entreguem ao ensaio. Só assim elas vão fazer as ações que estamos dirigindo.

É como ir ao médico… Se você não sentir confiança na prescrição que ele te deu, talvez não leve o tratamento assim tão a sério.

Afinal, em todos os âmbitos se não existe a conexão, as pessoas não vão conseguem ser espontâneas. A ideia é fazer com que se sintam como se só elas tivessem ali, sem você observando. Isso traz uma sensação de verdade, de leveza e naturalidade pra sua fotografia.

#5 – DOMINAR A TÉCNICA

Você precisa saber da técnica e entender como o corpo fala para orientar o cliente e captar as melhores imagens. 

Os três elementos da fotografia que mais passam sentimento e conexão são: olhos, boca e mãos. Fique ligado nesses detalhes na hora de dirigir as pessoas. 

Por exemplo, a pessoa está suuper rindo e dando gargalhada, mas o corpo dela na foto está parado, com os braços para baixo. Algo não está em sintonia, entende?

A expressão corporal tem que conversar com a do rosto, para ser natural. Isso é direção de pessoas! Por isso, quando os clientes te perguntarem: “Eu não levo jeito pra isso. Onde coloco as mãos? O que eu faço agora?” Você precisa se agarrar às técnicas de direção e posicionamento, como eu explico mais passo a passo no meu treinamento Guia de Poses em Vídeo.

Casal posando para a foto no mar, foto espontânea resultado de técnicas de direção de pessoas, fotografia Robison Kunz

Técnicas de composição ajudam na direção

As técnicas de composição – regras dos terços, pontos de ouro e tantas outras – ajudam muito na hora de dirigir pessoas.

Por exemplo: para fazer uma foto com o casal em movimento, além de fotografá-los caminhando, você precisa pensar na sua composição para aí sim pedir a ação certa.

Será que é ideal colocá-los no centro da imagem, na lateral? O que você quer passar de sensação com essa fotografia?

Este é um assunto que vamos detalhar em outros posts porque a composição é um pilar SUPER importante da fotografia e merece toda a nossa atenção! 😊

Para não perder nadinha, se inscreve no meu canal do Telegram. Lá eu posto conteúdos gratuitos e diários que vão te tornar um profissional desejado no mundo fotográfico.

Entre no meu Canal agora clicando aqui.

Abraço,
Robison Kunz
Fotógrafo e Mentor
Site | Instagram | Youtube

Robison Kunz

Robison Kunz

Especialista em fotografar pessoas, Robison Kunz é conhecido pelo seu trabalho inovador em fotografar casamentos e ensaios. Através de uma linguagem simples, porém ousada. Em pouco tempo de profissão incorporou um estilo próprio e hoje quem aprecia suas fotografias, logo identifica o autor. Tem como principal característica os momentos decisivos para contar histórias de casamento e a direção de pessoas para criar fotografias espontâneas nos ensaios fotográficos.

Conheça o meu Curso Online

Um passo a passo para tornar a sua fotografia desejada pelos clientes a ponto de dobrar o seu faturamento.
Posts Relacionados